Igreja e ruínas do mosteiro de St.ª Maria da Júnias


Ver texto e imagens no sítio original:

http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=321407


Tinha algumas fotos numa disquete. Cá esta o mosteiro e a igreja de Pitões das Júnias, a aldeia de Pitões das Júnias. Fica num local remoto do concelho de Montalegre, em pleno parque nacional da Peneda-Gerês, ligeiramente afastado da aldeia num pequeno vale banhado pela ribeira de Campesinho.

 

Cronologia:

 

  • sec. IX fundação provável de ermitério pré-Românico.
  • sec. XII construção da igreja Românica (na parede sul tem inscrita a data de 1147).
  • sec. XIII/XIV ampliação da capela-mor e construção do claustro Gótico do qual só resta atualmente alguns arcos.
  • sec. XVI (inicio) abandono do mosteiro.
  • sec. XVI (segunda metade) construção da janela da fachada e alteamento da nave conforme se depreende da observação da cornija. Construção do campanário.
  • sec. XVIII obras com o lajeamento da igreja e melhoria em 3 das celas dos frades e na cozinha do mosteiro, construção de andar no edifício onde se alojavam os monges e nos edifícios a SO do claustro.
  • sec. XVIII (1729) há notícias que o mosteiro estaria já em decadência.
  • sec. XIX fim das ordens religiosas e abandono do mosteiro que fica à guarda de ultimo monge vivo do mosteiro. Após a sua morte novo período de abandono.
  • sec. XIX construção de alguns muros e da escadaria no ângulo noroeste do claustro e de um muro intermédio na sala do capítulo.
  • sec. XX obras de restauro, limpeza e conservação do que restou das ruínas do mosteiro.

 

sec. XX em 1993 concurso publico para a valorização do mosteiro pelo PNPG que em 1994 inicia projeto de investigação arqueológica com financiamento próprio.

 

Mpitoes00

Maqueta do mosteiro.

  

Exterior: vista de cima.

 

Exterior: frontaria da igreja.

 

Pórtico.

 

Restos dos claustros.

 

Claustros - pormenor.

 

Celas dos monges.

 

Interior da igreja - baptistério.

 

Interior da igreja - presbitério.

 

Interior da igreja - pedra alta (altar).